quarta-feira, 19 de setembro de 2012

O DIA EM QUE O GRÊMIO MUDOU A HISTÓRIA DO ROCK



















O DIA EM QUE O GRÊMIO MUDOU A HISTÓRIA DO ROCK
por Rodrigo EC


Reparem na arquibancada, um jovem magrelo e (algo) cabeludo, os olhos atentos por trás dos óculos redondos.
Corria a primavera de 1961 na próspera e industrial Hamburgo, onde os Beatles faziam seu segundo estágio musical. Moravam no sótão do Top Ten Club, na região de St Pauli, onde tocanvam de 6 a 7 horas por noite, sete vezes por semana. Operários do Rock rumo à excelência em composição.
Num domingo de folga, três jovens magrelos hanging around tomam umas cervejas são atraídos pelo fluxo nas imediações. Era uma partida de futebol. Paul disse que o Saint Pauli era a equipe underground da cidade e enfrentaria um time brasileiro, a escola campeã do mundial de 58 na Suécia.
George quis o som da torcida. John disse Let it be.
O time celeste saiu perdendo, mas empatou com um chute de longa distância. Wow, disse Paul. John permanecia mudo e delirante. George captava os acordes das arquibancadas. Os brasileiros marcavam bem. Tinham raça, mas tocavam a bola com arte. Viraram o jogo e quando Gessi fez o terceiro gol gremista, Lennon rompeu o silêncio:
“That’s it.”
“What??” Asked Paul.
“It`s in my ears and in my eyes.”
“Something in the way they move”, cantou George.
Os Beatles haviam aprendido a ser Hard Day`s Night trabalhadores na Alemanha, mas naquela tarde tinham, num passe de futebol, percebido a arte e o mundo com outro ângulo. Era a semente da ótica da mistura, da diversidade, do tropical: Airton, Ortunho, Gessi, Henrique... aqueles brasileiros aguerridos e dançantes. Uma semente do ecossistema do Tropicalismo que floriu em Sgt Pepper`s para frutificar num Araça Azul. Wolkswagen Blues.

sexta-feira, 22 de junho de 2012

Na Imensidão WriteCast - Episódio 3 - Pela Manhã





Este título é cortesia do amigo Sol e de um verso de duas palavras - pela manhã -
da gigantesca banda brasileira Os The Dárma Lóvers.

Escuta esse som. mas quem sabe de um jeito simbólico. Sem ''não gostei''. E, se possível,
''sem gostei''. talvez sem gozar também. Sem go. sem 1/12 de ego. Sem ar. Sem flutuar.

Sem ler isso. sem crer. ter. ser. errar. sem julgar. supercoma. com ar.

Escuta pela manhã. Que pode ser agora, uma e trinta e seis.


Na manhã do ser.


Escuta andando pela cidade dos teus pulmões. os olhos fechados e abertos.
escuta e ouve e vai... para dentro do som. nas curvas do S, na nano-roda gigante
do O e do OM.


Nos picos elevados entre o vale do M. ali corre um rio, ''na onda breve que sou''
e ''pro oceano me vou'' como se você fosse um rio, que você é. rio de junho. de 2012. +20.
e, quem sabe, mais 7 bilhões iguais a você. e quem sabe ainda mais outros tantos trilhões
de habitantes deste planeta. em um inverno que começa com a cabeça dentro da cortina
do outono sentindo o cheiro das tuas axilas e dos meus dedos tocando aqui...



pela manhã.


o nome do som é ''onda''. então cai nessa água. jacaré-tubo. te expande por milhões de quilômetros,
espreguiçando teus raios de som e sol.
teus sais, teu ouro-áudio-auto-didata. um coração orgânico, natural, aural,
trigueiro, pós-tântrico e tribalmente-coletivo em você.



http://www.youtube.com/watch?v=uEUzjNc9ppo



------- Animal Humano Blog - www.rodrigoec.blogspot.com

quinta-feira, 7 de junho de 2012

ESC MENTE


Escrever. Escr y ver. Ver para dentro. Aquém dos dentes. Entre. Ente.
Escrever brevemente.
ESC.

Delete.

E então deixar a mente ser o que é. E o que nunca foi.
E então deixar. ser. entre o é e o foi. entre o será e o depois.
entre o é e o está. entre para mais longe do que se possa
andar.
Entre o respirar que é dançar.
Entre o flutuar que é amar.
Entre na mais infinita altitude que possam as palavras...

...voar.


------- Animal Humano Blog - www.rodrigoec.blogspot.com

segunda-feira, 21 de maio de 2012

Os Pés


23:38

Depois de todos os rumos, todos os turnos,
depois do trabalho, do banho e de todo-tudo
sobram os pés
minitotens
poemas loucos de carne-cascos. Província distante
amordaçada por meias, tênis, cortadores de unhas.

Nesta hora silente os pés cantam
e flutuam pesados, dependurados
pelos tendões.

Os pés são cavalos sem boca
E nos levam longe
Pulsando para além de cercas e moirões.

Os pés:
O que são?

PS
O que és.


------- Animal Humano Blog - www.rodrigoec.blogspot.com

segunda-feira, 16 de abril de 2012

Esta é a única vida que eu tenho.

Esta é a única vida que eu tenho.






Esta é a única vida que eu tenho.

quinta-feira, 29 de março de 2012

Esta é a única vida que eu tenho.

                                                       Esta é a única vida que eu tenho.                                                   





------- Animal Humano Blog - www.rodrigoec.blogspot.com

Esta é a única vida que eu tenho.


Que raios estou fazendo aqui neste dia lindo?! Esta é a única vida que eu tenho!!





Esta é a única vida que eu tenho.

Esta é a única vida que eu tenho.

Esta é a única vida que eu tenho.

Esta é a única vida que eu tenho.

Esta é a única vida que eu tenho.

Esta é a única vida que eu tenho.

Esta é a única vida que eu tenho.

Esta é a única vida que eu tenho.

Esta é a única vida que eu tenho.

Esta é a única vida que eu tenho.

Esta é a única vida que eu tenho.

Esta é a única vida que eu tenho.

Esta é a única vida que eu tenho.

Esta é a única vida que eu tenho.

Esta é a única vida que eu tenho.

Esta é a única vida que eu tenho.

Esta é a única vida que eu tenho.

Esta é a única vida que eu tenho.

Esta é a única vida que eu tenho.

Esta é a única vida que eu tenho.

Esta é a única vida que eu tenho.

------ Animal Humano Blog - www.rodrigoec.blogspot.com

terça-feira, 27 de março de 2012

Querida Música,


A pessoa escrevia no quase escuro. Nos fones Canto de Ossanha. Lá fora, grãos do Saara perambulavam pelas ruas da periferia. Os mesmos grãos do tempo de Cleópatra. Rearranjados, itinerados, sencientes, nanosóis.

Talvez a pessoa não entendesse a letra. Talvez tivesse tido acesso a alguma tradução mecânica. Mas se deixava levar... e a música fluía tropicalmente-são-franciscana-de-açúcardente. (ar ardente). Ente sonoro.
E querido.

Querida Música,

eu te amo nas curvas de um violino, na curvatura planetária de um surdo.
Nas linhas retas que tremem e dançam e sobrevoam as casas, as asas do braço
do violão

eu te amo na voz. da fonte à foz. e me banho no teu oceano-som e vibro entre fogueira
e faísca com minha alma plugada num contra-baixo, com meus pés sambando em
outra dimensão.

Querida Música,

Ele coçava a barba rapidamente e o lápis voltava à folha, foguete, fogueira de sentimentos
furando o muro da ditadura de si mesmo.

Ou ela se despia das vestes longas como quem solta sua pele. E a liberdade nua (mas presa à casa pequena) cai sobre a pele arrepiada com a possibilidade de se ter amor. Desfila na avenida do corpo um samba-enredo do tamboração. E nua tecia palavras-flores-que-voam e encontram outras pessoas-palavras nos dedos nos teclados de internet e celulares.

E a revolução decola.

Numa nova solidão. De Sol. De Adão.





Numa nova solidão. De Sol. De Adão.
Uma solidão tão...
De Anzol:
Tao
te
King
Burger dos teus rins


Solidão de capins
Solidão de bois
Depois
Depostos
sem chifres, rostos, sexo


Uma solidão sem fim
sem mim
sem bin
hinários


sem música sem vento sem bateria


uma solidão de hélice,
vele-se,
recém-nascida.


grita a solidão silêncio. silencia. medita
contorna
e mergulha profunda dentro de si
e acorda como um gato
e congela seu magma e derrete seu gelo
e fura o planeta em busca do core pulsante
da solidão triunfante
solidão de elefantes
de alto-falantes desligados
e telefones ocupados
em noites de solidão








------- Animal Humano Blog - www.rodrigoec.blogspot.com

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Exchanging Center

foto: BR116 by RodrigoEC


você procura uma linguagem que te liberte
como se você fosse uma tartaruga
desovando na praia, zé rodrigo.
uma mula
carregando ouro
sentindo a espora metálica do primata que te monta
e te faz subir e descer serras
atravessar rios
cruzar continentes

e então, zé rodrigo, você procura aqui, na curva de um blog,
na convenção do terceiro milênio cristão
neste país que estende uma mão aos mais fracos
e outra aos mais ricos
alguma ideia que quebre correntes
entorte grades
solte coleiras
desfaça gaiolas
e abra a tontura do rodeio.

e liberte os peões
e deixe em paz os touros
para que as câmeras possam filmar outros movimentos

você fareja um pensamento
que transforme matadouros em jardim,
zé rodrigo.

e shoppings em exchanging centers.




------- Animal Humano Blog - www.rodrigoec.blogspot.com

domingo, 15 de janeiro de 2012

Bússola








------- Animal Humano Blog - www.rodrigoec.blogspot.com

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Nômades de Avião



Está terminando um ano super louco, produtivo, cartográfico
e cheio de alternativas na vida de Zé Rodrigo.

Ele olha para sua barriga e para os meses que passaram e
pensa que deve ter entrado em outro ciclo astrológico.
Um novo retorno de Saturno?

Redescobriu o interior. O frio e o calor. O Brasil sem litoral.
Voltou a conviver de perto com pessoas religiosas.
Redescobriu o futebol e junto dele a cerveja.

Leu Marcos Bagno, a LDB, Arthur Clarke, Lair Ribeiro, Amyr Klink,
Família Schürmmann, Scliar. Releu Castañeda, Bill Waterson.

Escutou direto os Horses até que os soltou nos campos altos e eles sumiram
velozes entre as araucárias infinitas. Escutou os Black Keys. Ouviu milhares
de vezes o Canto de Ossanha. E mais um tanto de Gil, Gal, Caetano, Betha e Chico.
Mas, na curva do ano, seu irmão o recolocou no caminho das pedras e
dirigiu para o Leste, na faixa-nova de Camobi, durante o nascer do sol,
com Aerosmith, Lynyrd Skynyrd e Iron Maiden flapping their wings.

Escreveu pouco. Desenhou um pouco. Caminhou uns 1000km e naufragou
no oceano da ansiedade, num submarino de maionese, tahine e refri.
Mas emergiu e, voltando para a casa, após longa jornada de operário,
Zé Rodrigo tomou um grande banho de chuva de primavera. Ela o lavou,
e o levou. E ele foi embora. As sarjetas viraram rios nervosos.
E as ruas brilharam cruas e sem pegadas.

E, no frio intenso do mundo, Zé fez uma foto. E esfregou as mãos.
E mais uma vez tentou entender a língua de seis cordas de seu Pinho
e juntos cantaram como antigos indígenas até a lua uivar.

Foi um ano de muito trabalho, pesquisas, novos amigos, novas
estradas e rios. O ano da vida que resiste em meio à poluição.
Capivaras, tucanos, peixes. Caminhões carregados de gigantes porcos
vivos e cagados. A aventura humana nos levando em meio à exploração.


------- Animal Humano Blog - www.rodrigoec.blogspot.com

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Baby, Caetano - Paint Clip




------- Animal Humano Blog - www.rodrigoec.blogspot.com

sábado, 12 de novembro de 2011

Mano Negra, Santa Maradona - Paint Clip


Mano Negra, Santa Maradona
clique na imagem para ampliar


------- Animal Humano Blog - www.rodrigoec.blogspot.com

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Band of Horses, Part One - Paint Clip


Band of Horses  - Part One

clique na imagem para ampliar

------- Animal Humano Blog - www.rodrigoec.blogspot.com

sexta-feira, 30 de setembro de 2011

SuperSongs - # 108

Músicas néctar
nanam, ninam...
nuvens, novelos, nações,
travel
travesseiro.

nec plus ultra



------- Animal Humano Blog - www.rodrigoec.blogspot.com

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

loan - in the course of the day (unofficial video)




  ^^^^^great^^^sound^^^ant^^^^^


\/       \\
  ___  _@@       @@_  ___
 (___)(_)         (_)(___)
 //|| ||           || ||\\


Uma homenagem para Leandro Loan (grande músico de Floripa) - In the course of the day (feat. Steve Howe) 
- videoclip não oficial.

E para as formigas do Brasil.

para saber mais:

http://soundcloud.com/leandro-loan/in-the-course-of-the-day-steve

http://subvertente.blogspot.com/2011/09/album-loan.html


outros vídeos que fiz:
http://rodrigoec.blogspot.com/search/label/coletivo%20letivo


------- Animal Humano Blog - www.rodrigoec.blogspot.com

Na Imensidão WriteCast - Episódio 2


Na Imensidão WriteCast - Episódio 2* - O Dia da Formiga



Amigos,

deixo com vocês um link especial. Trata-se de um videozito
que gravei ano passado, mas que cresceu muito quando
inseri a trilha do Loan tocando Steve Howe...

(Loan, desculpa ae qualquer coisa)



Loan - In the course of the day (feat. Steve Howe)



A formiga habitava lá em casa (no Muq3m). 


Feliz primavera que danza, para todos!


------- Animal Humano Blog - www.rodrigoec.blogspot.com

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

TEM CERTEZA GAME (beta)

TEM CERTEZA?




SIM         NÃO     NÃO SEI









------- Animal Humano Blog - www.rodrigoec.blogspot.com

quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Na Imensidão - Writecast - Episódio 1* Quem está pelado agora? - (* e provavelmente único)


Episódio 1* Quem está pelado agora? -
(* e provavelmente único)



Ae PUTEDO*


(com todo carinho, uso aqui essa bela palavra da torcida MARË VERMELHA,
do Coloradinho SM RS querido da Baixada Melancólica Varguiana abaixo no nível do ATC)



deixo aqui com vocës dois links de uma banda ducaraleo chamada the black keys
(sao dois vagabundos que gravaram suas fitas numa garagem e deu certo. E,
embora eles sejam do seculo 21, cantam como joe cocker (qdo joe tinha uns 13 anos)
e tëm uma vibe 70tentista, woodstockiana, negra negra negra.


The Black Keys - Tighten Up

Essa começa quase como um assoBio. BioAgradável.
Um maluco caminhando no sol. E então ele canta. E 
descobre que cantar é um jeito de soltar o sol inside.
Sun inside. Pulando. Corazonada. Corazontodo.
Slow me down. E o clip me lembra muito uma surra que
eu tomei do SECURIÃO lá no BHN -- justa -- depois
que eu empurrei o SECURINHA no tanque de areia
do escorregador (cheio de água da chuva).




The Black Keys - Never Gonna Give You Up
pra dançar colado com sua sombra, sua alma anti-McFreudiana
deixar a BARBA do seu NIETZCHE crescer e dominar o para-choque
peludo do bigode. Demian-Neymar-R10 e a impossibilidade do futebol.




Era isso. Grande abraço aos cumpadis e cumadis.




PS Mr Field, learn Portuguese. And Thanx for the tip about the keys.



------- Animal Humano Blog - www.rodrigoec.blogspot.com

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

O Direiro ao Delírio - Eduardo Galeano



------- Animal Humano Blog - www.rodrigoec.blogspot.com

domingo, 4 de setembro de 2011

Brincar - Coletivo Letivo



http://www.youtube.com/watch?v=BaVK1plG7HA
------- Animal Humano Blog - www.rodrigoec.blogspot.com